26/02/2011

CARTÃO VALE SAÚDE INOVA NO ATENDIMENTO À CHAMADA “NOVA CLASSE MÉDIA”

portal ParanaShop 25/02/2011

A grande maioria dos brasileiros não tem Plano ou seguro de Saúde. De acordo com a Agência Nacional da Saúde, apenas 22,4% da população possui algum tipo de cobertura para eventuais doenças. Segundo o Ibope (pesquisa de maio de 2010), a saúde é apontada como a área mais problemática do país por 66% da população. O cartão Vale Saúde, que acaba de ser lançado em âmbito nacional, promete amenizar a situação, proporcionando maior acesso ao atendimento médico profissional, inclusive a camadas da população que estavam excluídas da rede particular de atendimento.

O cartão é vendido por meio de redes de varejo, como farmácias, supermercados, lojas de departamentos, operadoras de cartões de crédito e de benefícios, entre outras. A filosofia é “comprou, usufruiu”, ou seja, não há carências ou limites de idade. “O usuário que se vê em um momento em que precisa de atendimento mas não conta com cobertura de plano de saúde pode se beneficiar imediatamente, e tem uma alternativa econômica de acessar a rede privada de médicos de que o Vale Saúde dispõe”, afirma Adriano Valente Rocha, diretor da ValenteRocha Consultora e Corretora de Seguros.

Ao adquirir e habilitar o cartão, o usuário passa a ter acesso a uma rede de mais de 40 mil profissionais da saúde credenciados em todo o país, além de contar com serviços da “secretária da saúde”, uma central de atendimentos e agendamentos de consultas. ”Com o cliente já cadastrado no Vale Saúde, a secretária da saúde já sabe indicar o atendimento mais próximo de onde o usuário está, gerando comodidade”, diz Valente Rocha. Outro diferencial é o chamado “alô doutor”, que é um serviço de aconselhamento 24 horas por um médico de plantão, que pode opinar, dando interpretação de exames ou uma segunda opinião médica. ”Imagine seu filho chorando no meio da madrugada. O que fazer? Levar para onde? Com o serviço do “alô doutor”, tem-se prontamente uma ideia do que está acontecendo e quais os principais passos a serem tomados. Se for algo simples, uma solução simples. Se for algo complexo, o médico dá a sugestão de encaminhamento. Um serviço prático e útil a qualquer tempo”, analisa o consultor.

Além de acesso a consultas médicas e exames laboratoriais, o Vale Saúde proporciona também o atendimento odontológico emergencial, fonoaudiologia e até possibilidade de tratamento estético. Para os usuários, há ainda as vantagens econômicas: descontos nas compras junto à rede credenciada, por meio do Cartão Vale Desconto, e sorteios de prêmios instantâneos em dinheiro.

Facilidade

Todos os cartões são individuais e intransferíveis. Quando o usuário adquire o Vale Saúde, encontra no verso um número PIN, que, a partir desse momento, passa a ser somente seu. Com esse número, ele se cadastra por telefone e tem imediatamente acesso a todos os serviços e benefícios do cartão.

Para os planos individuais, o usuário pode pagar R$ 29,90, em taxa única, para uma cobertura de três meses, ou R$ 19,90 por mês para uma cobertura contínua. Já para os planos familiares, em que é possível agregar mais dois dependentes, o programa trimestral passa a ter o preço de R$ 39,90, em taxa única, e o anual custa R$ 29,90 por mês. “Se dividirmos isso, chegaremos a um preço médio de apenas R$ 0,30 por dia... menos que uma ligação telefônica, um custo extremamente baixo”, comenta Adriano Valente Rocha.

Empresas parceiras

O cartão Vale Saúde acaba de ser lançado e, neste momento, está associando empresas de varejo para a comercialização. A ValenteRocha está atuando no processo como ponte entre a administradora e as redes de varejo. Para a empresa que se associa, não há custo de investimento. A administradora oferece o suporte de marketing e material de divulgação, que pode, inclusive, levar a marca da empresa parceira, aumentando a fixação da marca junto á mente do consumidor. A empresa receberá comissões sobre as vendas enquanto o usuário se mantiver ligado ao Vale Saúde.

Nenhum comentário: